Pousada Quinta dos Pinhais é destaque no jornal O Globo

Posted By admin / Pousada / Carnaval, descanso, hotel, Mantiqueira, relaxar, sossego, Verão / Nenhum Comentário

_MG_6304 _MG_6489

A pousada Quinta dos Pinhais, em Santo Antônio do Pinhal, na Mantiqueira paulista, foi um dos destinos escolhidos numa seleção de locais ideais para curtir e relaxar neste Carnaval 2018. A reportagem destaca como atributos da hospedagem a piscina de fundo infinito que se abre para o maciço da Pedra do Baú e montanhas mineiras, o spa da pousada, com massagens e banhos especiais para quem deseja relaxar no feriado.

Confira o conteúdo completo em:

https://oglobo.globo.com/boa-viagem/para-onde-viajar-no-carnaval-ha-opcoes-para-curtir-folia-ou-so-descansar-22277548

 

Read More

Walfenda lança cardápio inspirado em ‘Deus Salve o Rei’

Posted By admin / Sem categoria / Nenhum Comentário

cestinha de massa folhada com frutas secas Cassio (Foto Ivam Grambek) short rack de cordeiro com salsa de hortelã e favas Principe Afonso (Foto Ivam Grambek)

Pratos do cardápio ‘Deus Salve o Rei’ levam nome dos personagens: Cássio (cesta de massa folhada com frutas secas) e Príncipe Afonso (short rack de cordeiro em salsa de hortelã e salada de favas). Fotos: Ivam Grimbek

O mundo mágico de cavaleiros, reis e rainhas irá aportar no Walfenda Medieval nesta sexta-feira, 12 de janeiro. Durante seis meses, a casa paulistana servirá um cardápio inspirado na novela das sete da Globo, Deus Salve o Rei – é o único restaurante no segmento licenciado pela emissora. O lançamento do cardápio acontece a partir das 19h.

Criados pela chef Angelita Gonzaga, os novos pratos da casa têm ligação com os dois reinos da ficção global, Montemor e Artena, e ganharam os nomes de seus personagens. Na trama, Montemor é um lugar rico em minérios, mas que sofre pela persistente falta de água. Ao contrário de Artena, abundante neste recurso natural. “Baseada nesta ideia inicial, trabalhei em duas frentes: ensopados, guisados e ingredientes bastantes frescos nos pratos ligados ao reino de Artena e frutas secas, carnes maturadas para Montemor”, explica a chef.

Rainha Crisélia Contra-file de Angus com 480 g defumado (Foto Ivam Grambek) frutas grelhadas com mel de castanha Demétrio (Foto Ivam Grambek)

Pratos do cardápio ‘Deus Salve o Rei’ levam nome dos personagens: Rainha Crisélia (contra-filé de Angus, com 480g e defumado). Foto: Ivam Grambek e Demétrio (frutas grelhadas com mel de castanha). Fotos: Ivam Grambek

Além disso, o cardápio segue a linha medieval da casa, baseada na pesquisa que a chef fez sobre a cozinha ibérica do fim da Idade Média (séculos 14 e 15), com o fogo sendo sua principal inspiração. Entre os destaques do menu Deus Salve do Rei, estão Constantino (codornas cozidas na sidra com uvas frescas, R$ 24); Amália (pescada branca inteira defumada na lenha de maçã e acompanhada de purê de abóbora, R$ 44,50); Rei Augusto (duas coxas de frango com batata-doce caramelizada, R$ 42); Príncipe Afonso (short rack de cordeiro em salsa de hortelã e salada de favas, R$ 58,50); Princesa Lucrécia (steak de javali com compota de maçã e especiarias, R$ 62), Rainha Crisélia (contra-filé de Angus, com 480g e defumado, R$ 62) e Princesa Catarina (estufado de porco com damascos, espinafre e lentilhas, R$ 49,50), além de duas sobremesas: Cássio (cesta de massa folhada com frutas secas, R$ 23,50) e Demétrio (frutas grelhadas com mel de castanha e hortelã, R$ 23,50).

Para entrar no clima medieval, os clientes também poderão dividir o Escudo de Cália, um bife gigante de 2,2 kg, que reúne cinco cortes de carne bovina e serve até seis pessoas (R$ 198). Na trama, Cália é o nome da região que reúne os dois reinos. O cardápio especial estará disponível até março, quando será renovado para o outono/inverno por mais três meses.

Harmonizações – Os pratos do cardápio especial Deus Salve O Rei serão harmonizados com cervejas artesanais seculares, selecionadas pela sommelière Paty Albehy. São três rótulos alemães: Aecht Schlenkerla Rauchbier Märzen, uma das cervejas defumadas mais premiadas do mundo; Schneider Weizendoppelbock TAP 6, a mais antiga Weizendoppelbock conhecida; e Weizen Doppelbock Tap 7. Além das cervejas, a chef sugere vinhos (servidos em taças de pedra sabão).

A casa – O fogo é um dos protagonistas no Walfenda Medieval. Logo na entrada há uma área de preparo de carnes, assadas em lenha de árvores frutíferas. O ambiente remete à uma antiga farmácia medieval, com uma grande estante onde são guardados os ingredientes utilizados na produção dos drinques da casa.

salao churrasqueiro

Menu Deus Salve o Rei – Cardápio inspirado na novela da Globo, assinado pela chef Angelita Gonzaga, no Walfenda Medieval. Sexta-feira, dia 12 de janeiro, a partir das 19h. Endereço: rua Tito, 25, Vila Romana. Tel.: 11-3672-1371. 3ª/6ª, 19h/24h; sáb., 12h/24h; dom., 12h/17h. Todos os cartões.

 

Read More

Wine bars de São Paulo se unem para servir vinhos leves e refrescantes

Posted By admin / Bares / festival, restaurante, vinho / Nenhum Comentário

Durante 16 dias, sete casas trarão brancos, rosés, espumantes e tintos de seis países a preço de importadora, em garrafa ou taça, na 2ª edição do Festival Vinho no Boteco 

Salão Sancho Bar y Tapas (Foto Reinaldo Mandacaru) Tabua de queijos e embutidos Ovo e Uva com vinho branco (Foto Marco Pinto)

Entre os dias 20 de janeiro e 4 de fevereiro, acontece em São Paulo a segunda edição do Festival Vinho no Boteco – Verão. Durante 16 dias, sete bares de vinho paulistanos – Canaille Bar, Dionysos, Jamón, Jamón, Ovo e Uva, Rubi Wine Bar, Sancho Bar y Tapas e Vinoteca Paulistana – se unem para servir espumantes, brancos, rosés e tintos leves a preço de importadora, em garrafa ou taça. Em sua segunda edição, o Festival Vinho no Boteco deseja democratizar o consumo da bebida e trazer uma nova experiência para o paulistano: mostrar que vinho também é uma ótima opção de bebida no verão.

A lista geral inclui rótulos da Argentina, Chile, Espanha, França, Itália e Portugal, mas cada bar tem a liberdade de escolher as bebidas que mais se alinhem a sua identidade. A Vinoteca Paulistana, em Perdizes, por exemplo, selecionou apenas argentinos, como o Finca Las Moras Syrah rosé (R$ 48,90/garrafa; R$ 13/taça), que combinam bem com as delícias que a casa serve, como o minichoripan e o bolinho de frutos do mar. No Jamón, Jamón por David Lopez, especializado em gastronomia espanhola, estará disponível o espanhol Tarima Monastrell (R$ 79/garrafa; R$ 20/taça), da premiada Bodegas Volver, localizada em Alicante.

dionysos_tabua_vinho_bar mini choripan

Com vários vinhos disponíveis com desconto, o Dionysos, em Pinheiros, oferece o chileno Pionero Chardonnay (R$ 49/garrafa; R$ 13/taça) e os italianos Villa Cardeto Sangiovese (R$ 66,40/garrafa; R$ 17/taça) e Acquerello Pinot Grigio (R$ 64/garrafa; R$ 16), entre mais 14 rótulos. No Canaille há duas opções de orgânicos franceses, Claude Val Blanc e Claude Val Rouge, ambos a R$ 65,50/garrafa; R$ 17/taça.

No Ovo e Uva, a seleção inclui 22 rótulos, como o espumante argentino Nocturno Brut (R$ 44/garrafa; R$ 11/taça) e o rosé francês Esprit Méditerranée (R$ 69/garrafa; R$ 18/taça). São quatro opções no Rubi Wine Bar, como o branco La Linda Torrontés (R$ 63,70/garrafa; R$ 16/taça). E no Sancho Bar y Tapas, localizado no Baixo Augusta, são seis opções, como o De Martino Carménère (R$ 66,60/garrafa; R$ 17/taça).

A lista com os vinhos que cada casa irá oferecer, seus endereços e horários de funcionamento estão no site do festival: www.festivalvinhonoboteco.com.br.  O evento tem o apoio das importadoras Decanter e Grand Cru.

 

2º Festival Vinho no Boteco – Verão – De 20/1 a 4/2, sete wine bars de São Paulo se unem para servir vinhos a preço de importadora.

Imagens 1) Salão do Sancho Bar Y Tapas (Foto Reinaldo Mandacaru); 2) tábua de queijos e embutidos do Ovo e Uva (Foto Marco Pinto); tábua de queijos e embutidos do Dionysos (Vinicius Assencio); 4) minichoripan da Vinoteca Paulistana (Foto Diego Sanchez)

 

 

Read More