Jornal britânico lista os melhores hotéis do Brasil

Posted By admin / Hotel, Turismo Brasil / bom e barato, melhores, pousada, trancoso, turismo, viagem / Nenhum Comentário

Levantamento do The Telegraph classificou a Mata N’ativa Pousada, em Trancoso, com nota 9 e destacou seu “serviço impecável”

 

A Mata N’ativa Pousada, em Trancoso, está entre as melhores hospedagens do Brasil, segundo levantamento do suplemento Travel, do jornal britânico The Telegraph. A avaliação, feita por jornalistas especializados, leva em consideração seis pontos: localização, estilo, serviços e facilidades, comida e bebidas, quartos e custo-benefício. A Mata N’Ativa recebeu nota final 9, em um ranking que vai até 10 – número que nenhuma hospedagem brasileira alcançou. O texto destaca seu “serviço impecável”. Também surgem com nota 9: Fasano São Paulo, Pousada Capim Santo (Trancoso/BA), Toca da Coruja (Pipa/RN), Caesar Park Rio de Janeiro, Hotel Fasano Rio de Janeiro, Hotel Santa Teresa (RJ).

 

Os especialistas do The Telegraph selecionaram 48 hotéis do país para montar o ranking de melhores. O levantamento inclui hotéis-boutique (caso do Mata N’Ativa), de luxo, econômicos e de negócios. Todas as hospedagens foram testadas e são aprovadas pela equipe. O texto que define a pousada diz: “com apenas um punhado de chalés, situados em um jardim cheio de pássaros e ao lado de um riacho tilintante, esta pousada-boutique é a mais íntima de Trancoso – isolada pela natureza e, ainda assim, perto de bares, restaurantes e da praia”.

Destacam-se ainda outros pontos: café da manhã com pães, geleias e sucos produzidos na pousada; suítes dedicadas a famílias, com cardápio especial para crianças, e o jardim repleto de flores e plantas que atraem pequenos animais silvestres, pássaros e borboletas.

Confira a lista completa na página da publicação

 

Mata N’ativa Pousada

Estrada Trancoso-Arraial, S/N, 100 m após a ponte do Rio Trancoso; Trancoso, Bahia. Telefone: (73) 3668-1830, www.matanativapousada.com.br

 

 

 

 

Read More

Provence Cottage é destaque em A Tribuna de Santos

Posted By admin / Alta Gastronomia, Hotel, Turismo Brasil / gastronomia, hotel, Monte Verde, pousada, pousada na serra, restaurante, restaurante na serra, restaurante romântico / Nenhum Comentário

A Provence Cottage & Bistrô foi destaque no caderno deste domingo de A Tribuna, o principal jornal da Baixada Santista. Confira a reportagem da jornalista Carla Zomignani:

Read More

Santos Dumont: o recordista olímpico das invenções

Posted By admin / Turismo Brasil / aviação, brasil, criação, cultura, história, invenção, olimpiada, rio 2016, Santos Dumont, turismo / Nenhum Comentário

Alberto_Santos-Dumont  Santos-Dumont flying

O voo cenográfico do 14 Bis (confira aqui) sobre o Maracanã, na última sexta-feira, na abertura da Olimpíada Rio 2016 decolou novamente a polêmica sobre quem inventou o avião: Santos Dumont ou os irmãos Wilbur e Orville Wright, dos Estados Unidos. Em que pese qualquer tentativa de aterrissar a importância do brasileiro, uma coisa é certa: se não inventou o avião, ele descobriu a forma de fazê-lo decolar, permanecer no ar e pousar sozinho. Mais: criou diversas inovações que estão diretamente ligadas à vida de quem viaja e explora o mundo.

Foi o primeiro a criar a navegação aérea, o primeiro a voar com motor movido a explosão; o primeiro a ter um voo homologado; o inventor do motor de cilindros opostos; o primeiro a fabricar um avião em série; o inventor do relógio de pulso; o precursor da patente livre; o primeiro a trazer ao Brasil um automóvel movido a petróleo. Para conhecer mais sobre Santos Dumont e suas criações, a Bress Comunicação indica três exposições pelo Brasil que ajudam a entender o porquê Dumont não podia estar de fora da abertura de uma Olimpíada no Brasil e de suas viagens pelo nosso país.

Museu do Amanhã (Rio de Janeiro-RJ) No ano em que o voo do 14 Bis completa 110 anos, o mais novo centro cultural da capital fluminense traz a mostra O Poeta Voador, Santos Dumont. Com linguagem audiovisual e atividades interativas, o ambiente inclui protótipos das principais criações do inventor e duas réplicas em tamanho real: logo na entrada do Museu, o pioneiro 14 Bis; e, no local da exposição, o avião Demoiselle, mais completo projeto do brasileiro. Término em 30 de outubro. Praça Mauá, 1 (Centro).

Casa de Santos Dumont (Petrópolis-RJ) Foi projetada pelo inventor e servia como sua residência ao longo do verão. Expõe uma pequena biblioteca e objetos pessoas, como o inseparável chapéu Panamá. Aproveite a ida a este centro cultural para passear pelo centro histórico de Petrópolis, logo ali. R. do Encanto, 22 (Centro).

Museu Cabangu (Santos Dumont-MG) O local onde nasceu o “Rei dos Ares”, uma casa de estilo colonial, reúne hoje painéis, fotos, documentos e peças de alguns dos seus inventos. Há ainda uma réplica do 14 Bis. Região muito bonita e arborizada. Rodovia 499, km 16, Distrito de Mantiqueira.

 

Read More

Por uma gastronomia serrana autêntica na Mantiqueira

Posted By admin / Alta Gastronomia, Turismo Brasil / Nenhum Comentário

Jantar realizado neste sbado (9), em Monte Verde (MG), mostrou a fora dos ingredientes da regio serrana e o atual fortalecimento dos produtores locais

tres chefs evento sabores salo

Por Redao Bress / Fotos: Pallatta

Durante muito tempo, os restaurantes na Serra da Mantiqueira apenas procuravam servir pratos tradicionais da cozinha internacional ou receitas invernais europeias, como a fondue e a raclette (para citar duas). Os cozinheiros também no encontravam fornecedores de qualidade, que cultivassem os produtos da terra. Recentemente isso mudou, com a chegada de um consumidor interessado na culinária sustentável, e empreendimentos que investem na riqueza do que cultivado na própria região. Este novo panorama foi apresentado no último sábado, em Monte Verde-MG, no bistrô da Pousada Provence Cottage & Bistrô. Três dos principais chefs da Mantiqueira, Ari Kespers (Bistrô Provence), Gabriel Broide (restaurante Mina hotel Botanique, Campos do Jordão-SP) e Mônica Rangel (Gosto com Gosto, Visconde de Mauá-RJ) serviram um menu-degustação inventivo e quase que na totalidade feito com ingredientes locais. O evento teve divulgação e apoio da Bress Comunicação.

Entre as entradas, Broide preparou sua coalhada (produzida com leite de vacas Jersey de uma fazenda de Campos do Jordo), acompanhada por sementes de tomate e pepinos selvagens. Quando vim para (comandar) o (restaurante) Mina, no fazia sentido trabalhar com muitos ingredientes de fora e produzir tanto carbono em deslocamentos. Era melhor oferecer ao cliente o potencial de ingredientes da própria regio, disse o chef, que também usa em seu restaurante ervas e frutas locais, como a uvaia.

pepino coalhada broide fin

Na mesma linha pensa o chef Ari Kespers. Ao servir a segunda entrada do jantar, o cappuccino de cogumelos, ele utilizou fungos que brotam nos pés dos eucaliptos na região de Monte Verde. “É um tipo de cogumelo que vi por aqui. Descobri com os moradores locais”, disse o chef, que também usa em sua cozinha o chamado lírio do brejo, uma flor muito apreciada na região para fazer farofa.

capuccino ari fin

A seguir, Broide serviu a famosa truta da região serrana da Mantiqueira dentro de uma nova apresentação e conceito. Cozida lentamente em baixa temperatura e acompanhada com emulsão de limão-cravo, salada de erva-doce e brotos de girassol.

truta

A produção orgânica de porcos e patos na região também foi apresentada no jantar deste sábado. Kespers trouxe um corte suíno que vem ganhando adeptos: a bochecha de porco. Trata-se de uma parte do porco com pouca gordura e muito macia.

porco

A chef Monica Rangel encerrou o jantar com um magret pato acompanhado de purê de ervilhas e farofa crocante.

patomonica fin

Rangel, que comanda há 22 anos o restaurante Gosto com Gosto, em Visconde de Mauá, distrito de Resende (RJ), acompanhou ao longo das duas últimas dcadas o fortalecimento dos produtores na Mantiqueira. Antes eu tinha de produzir tudo. Hoje, especialmente nos produtos orgânicos, consigo diariamente uma boa oferta. E o consumidor também mudou, valorizando a saúde e a sustentabilidade, disse a chef que também serviu um brownie de castanhas com sorvete de framboesa.

dessert

Para o chef Ari Kespers, produzir e participar de um evento como o realizado na pousada Provence foi enriquecedor. Sempre aprendo cozinhando com outros chefs. “A Monica é um mito da gastronomia mineira e o Gabriel, assim como eu, um explorador do potencial que a nossa serra pode nos dar de melhor”, completou.

 

 

Read More

Um stio arqueolgico em Minas

Posted By admin / Turismo Brasil / arqueologia, aventura, cachoeira, cocais, culinria, Minas Gerais, turismo, viagem / Nenhum Comentário

Inscries rupestres da Pedra Pintada

Inscries rupestres da Pedra Pintada (fotos: Eduardo Merli)

Distante 85 km de Belo Horizonte (MG), est o esquecido distrito de Cocais, em Baro de Cocais. A vila foi fundada em 1703 por dois irmos portugueses – Antnio e Joo Furtado Leite -, que chegaram ali atrados pelo ouro das Gerais. Hoje, ela mantm um pequeno casario no centro histrico, em torno da igreja de Sant’Ana, erguida no sculo XVIII e reformada em 1830. No interior dela, est sepultado Feliciano Pinto Coelho, o Baro de Cocais, que d nome cidade.

Igreja Matriz do Rosrio (foto: Eduardo Merli)

Igreja Matriz do Rosrio

Do outro lado da rua, no restaurante Villa dos Cocais, possvel pedir o mexido do Baro (paio, cheiro verde, farofa e ovos) ou outras iguarias da cozinha mineira. A maior surpresa de Cocais, porm, est pouco mais de 3 km do distrito. Saindo do Largo do Rosrio (onde est a igreja matriz), basta seguir as placas pela estrada de terra para se chegar at o stio arqueolgico da Pedra Pintada. O local est dentro de uma propriedade privada e preciso pagar uma pequena taxa. A trilha at a pedra tranquila e vale a pena: a Pedra Pintada rene 122 pinturas rupestres datadas entre 6 e 8 mil anos. So desenhos de animais, cenas de caadas e lanas produzidos com tintas minerais. Alm da vista incrvel, h cachoeiras no entorno.

Cachoeira de Cocais, uma das quedas d'gua prximas ao stio arqueolgico

Cachoeira de Cocais, uma das quedas d’gua prximas ao stio arqueolgico

Contedo: Bress Comunicao.

Read More