O que é Inbound Marketing?

Posted By admin / Sem categoria / agencia, consumidor, conteúdo, digital, finança, funil, gastronomia, inbound, leads, saúde, venda / Nenhum Comentário

O Inbound ou Marketing de Conteúdo (ou de atração) é a metodologia do marketing atual voltada a atrair visitantes para os canais digitais de uma marca por meio da criação de conteúdo relevante sob a perspectiva do visitante.

Ao buscar dar respostas aos problemas destes visitantes, inicia com ele um relacionamento mais voltado a uma conversa do que a venda de um produto de imediato. Os visitantes aceitam ser nutridos cada vez mais por estes conteúdos, pois veem valor ali.

Ao se aprofundarem neste relacionamento, o visitante cria um elo com a marca o que pode a qualquer momento despertar nele a decisão de se transformarem em consumidores da marca por afinidade, identificação de valor e necessidade. 

Formatos de inbound marketing

E-books, blogs, posts, newsletters, email marketing, vídeos, webséries entre outros

 A Jornada do consumidor clássica no marketing de atração (de conteúdo)

É importante entender que há muitas formas e jornadas de Inbound. Hoje as conversas com os consumidores se dão em diversos momentos de um funil de compras. Por didática, vamos a mais clássica, básica:

1.   O primeiro passo é saber os interesses, dúvidas e desafios do público que deseja impactar por meio de pesquisas, matrizes e análises

2.   Com o público desejado bem definido, é hora de produzir conteúdo memorável extremamente relevantes para ele, que os ajudem a resolver seus problemas e que em algum momento desta busca, esbarre no produto que sua empresa oferece.

3.   Este conteúdo precisa trazer este visitante para seu site, landing page ou aplicativo. 

4.   E nestes canais (site, landing page e app) serão necessários criar botões que promovam uma ação deste usuário (call to action) o que pode ser preencher um formulário de inscrição para assinar uma newsletter ou baixar um cupom de desconto, baixar um  e-book, assistir a um vídeo ou gerar uma inscrição

5.   O visitante agora é um lead (alguém que pode ter uma predisposição a comprar seu produto) e por isso precisa continuar sua jornada, sendo nutrido com bons conteúdos que para continuar este bom relacionamento e aumentar as chances de conversão

6.   Mesmo após a compra, ele deve continuar sendo nutrido com informações para se sentir parte de uma comunidade de informações privilegiadas. Ela ajuda a fidelizar sua marca junto a este cliente e pode gerar novas compras.

7.   Mensurar, pegar feedback, corrigir eventuais falhas na jornada, verificar ROI 


Read More

O que é uma estratégia em mídias sociais e quais são as fases fundamentais em seu desenvolvimento?

Posted By admin / marketing / agencia, assessoria, Branding, consultoria, marketing digital, redes sociais, social media / Nenhum Comentário

A estratégia de mídia social é essencial para tornar seu contato com os consumidores contemporâneos mais eficaz em sua jornada de decisão de compra.

As redes sociais de hoje – como Facebook, Twitter, LinkedIn, Instagram, Snapchat, YouTube – são algumas das maiores fontes de consulta na Internet. A Internet tornou-se um canal essencial na jornada de compras.
De acordo com levantamento de 2018 do Eurostats, 28% das empresas europeias anunciadas nas redes sociais, crescendo para 45% em 2017. Pelo Social Miner, em janeiro 2018, 88% de consumidores dos E.U. disseram que procurar online antes de ir à loja ou de comprar o produto em plataformas digitais.


No Brasil, de acordo com um levantamento realizado pela CNDL (Confederação Nacional mercante) e SPC Brasil (Credit Protection Service), com o intuito de analisar os hábitos de compra e perfil do consumidor das 27 capitais brasileiras, 97% dos realizar pesquisas on-line antes de fazer uma compra em lojas físicas, e muitos pesquisados em lojas físicas e fez a compra on-line, reforçando o arranjo de compra da Omnichanel.


Para uma marca, ter seus próprios canais digitais, incluindo seus perfis de mídia social, é a oportunidade de:
1-Transmitir sua notícia, atitudes, estilo, assim capturando clientes potenciais e lealdade em um segundo momento.
2- É a oportunidade de atrair a atenção desses visitantes em sua jornada de pesquisa, resolvendo um problema que eles têm. E que o seu produto pode colide com esta solução de problema ou para completar o desejo na vida do consumidor.
3 – Também é essencial apreender as aspirações das pessoas hoje e se o seu produto pode ajudar a este respeito ou como ele pode se conectar com essas aspirações
4 – Finalmente, as redes sociais podem fornecer dados valiosos sobre as pessoas que falam sobre sua marca, ajudando no plano de marketing e relacionamento.

Um plano de comunicação de mídia social é o caminho (de forma lógica e estruturada) para a consecução do objetivo desejado por uma marca nesses canais sociais e como ele colaborará no maior objetivo de um esforço de e-Business. Ele organiza o tempo, racionaliza o processo, permite-nos Visualizar os passos, permite-nos medir, corrigir, qualificar e, assim, otimizar os resultados.


Você pode alterar a nomenclatura ou as especificidades, mas geralmente é dividida nas seguintes etapas:
1 – Pré-análise – levantamento histórico, vendas correntes e presença digital. Estudo de DAFO (ou SWOT) para avaliar pontos fortes, fraquezas, oportunidades e ameaças da marca. Pesquisa de mercado. Concorrência e como funcionam nas redes sociais. Golden Circle análise (com o o que, como, onde, por que a marca) para entender a personalidade e finalidade.
2- Delinear o objectivo SMART nas redes sociais, isto é, um objectivo tangível e mensurável, com prazos e um entendimento claro. Você pode gerar mais Rank, conquistar leads, procurar conversão, capturar o tráfego do site…
3 – Uma vez analisada, definiu o propósito da marca e seu propósito nas redes sociais, vamos ao próprio conteúdo e como ele se concentrará nesse objetivo. Nós escolhemos os canais que mais se relacionam com o público da marca e melhor atender o objetivo descrito. Elaboramos como nos comunicamos: definimos um personagem, um tom de voz, uma identidade visual, as possíveis segmentações, os melhores horários, como a interação deve ser. Nós Brainstorm idéias de conteúdo para capturar as diretrizes e jogar as melhores idéias em um calendário editorial para a produção de conteúdo. Planejamos tudo com datas e agendar publicações e campanhas.
4 – Rastreamos o conteúdo, alinhando sempre as interações e publicações diárias (Always on) com um plano de meios de pagamento para os anúncios/campanhas mais relevantes do plano.
5 – Mensuramos todas as atividades, métricas, tomando como referência os KPIs (indicadores chave de desempenho) que melhor indicam o desempenho do conteúdo na conquista do objetivo inicialmente elaborado. Mostramos isso por meio de relatórios claros e objetivos, com Storytelling, muitas matrizes, visuais e focados nos KPIs escolhidos.

Read More