Santos Dumont: o recordista olímpico das invenções

Posted By admin / Turismo Brasil / aviação, brasil, criação, cultura, história, invenção, olimpiada, rio 2016, Santos Dumont, turismo / Nenhum Comentário

Alberto_Santos-Dumont  Santos-Dumont flying

O voo cenográfico do 14 Bis (confira aqui) sobre o Maracanã, na última sexta-feira, na abertura da Olimpíada Rio 2016 decolou novamente a polêmica sobre quem inventou o avião: Santos Dumont ou os irmãos Wilbur e Orville Wright, dos Estados Unidos. Em que pese qualquer tentativa de aterrissar a importância do brasileiro, uma coisa é certa: se não inventou o avião, ele descobriu a forma de fazê-lo decolar, permanecer no ar e pousar sozinho. Mais: criou diversas inovações que estão diretamente ligadas à vida de quem viaja e explora o mundo.

Foi o primeiro a criar a navegação aérea, o primeiro a voar com motor movido a explosão; o primeiro a ter um voo homologado; o inventor do motor de cilindros opostos; o primeiro a fabricar um avião em série; o inventor do relógio de pulso; o precursor da patente livre; o primeiro a trazer ao Brasil um automóvel movido a petróleo. Para conhecer mais sobre Santos Dumont e suas criações, a Bress Comunicação indica três exposições pelo Brasil que ajudam a entender o porquê Dumont não podia estar de fora da abertura de uma Olimpíada no Brasil e de suas viagens pelo nosso país.

Museu do Amanhã (Rio de Janeiro-RJ) No ano em que o voo do 14 Bis completa 110 anos, o mais novo centro cultural da capital fluminense traz a mostra O Poeta Voador, Santos Dumont. Com linguagem audiovisual e atividades interativas, o ambiente inclui protótipos das principais criações do inventor e duas réplicas em tamanho real: logo na entrada do Museu, o pioneiro 14 Bis; e, no local da exposição, o avião Demoiselle, mais completo projeto do brasileiro. Término em 30 de outubro. Praça Mauá, 1 (Centro).

Casa de Santos Dumont (Petrópolis-RJ) Foi projetada pelo inventor e servia como sua residência ao longo do verão. Expõe uma pequena biblioteca e objetos pessoas, como o inseparável chapéu Panamá. Aproveite a ida a este centro cultural para passear pelo centro histórico de Petrópolis, logo ali. R. do Encanto, 22 (Centro).

Museu Cabangu (Santos Dumont-MG) O local onde nasceu o “Rei dos Ares”, uma casa de estilo colonial, reúne hoje painéis, fotos, documentos e peças de alguns dos seus inventos. Há ainda uma réplica do 14 Bis. Região muito bonita e arborizada. Rodovia 499, km 16, Distrito de Mantiqueira.

 

Read More