Dia internacional do ceviche com novidades no QCeviche!

Posted By admin / Restaurante / ceviche. peru, comida, gastronomia, peruano, turismo, viagem / Nenhum Comentário

 Na semana do dia 28/6, quem pedir um ceviche de pescado nas unidades Faria Lima e Barra Funda ganha um trio de alfajores peruanos. Além da receita tradicional do prato, restaurantes servem as versões nikkei, vegana e com frutos do mar. 

Principal expoente da gastronomia peruana, o ceviche é estrela também no novo cardápio do QCeviche! (com duas unidades em São Paulo – Pinheiros e Barra Funda). Na casa, estão disponíveis quatro versões do prato (pescado, nikkei, marino e vegana). Para comemorar o Dia Internacional do Ceviche, no próximo dia 28, o QCeviche! preparou uma promoção especial entre os dias 25 e 29 de junho: ao consumir um ceviche de pescado (R$ 39), o cliente leva para casa um trio de alfajores peruanos, nos sabores doce de leite, chocolate e limão.

Outra novidade está no novo menu do restaurante: é possível pedir a Degustação QCeviche! (R$ 54), com o trio pescado, nikkei e marino, e aproveitar para experimentar vários sabores desta delícia, que teria surgido há mais de mil anos na costa peruana, com a união de elementos de terra (pimentas e cítricos) e do mar (pescados variados). O prato ganhou prestígio além das fronteiras e uma data própria para ser celebrado: 28 de junho, Dia Internacional do Ceviche.

O ceviche aparece em variadas versões por todo território peruano, com alternância de alguns ingredientes, mas tendo sempre como base o frescor dos pescados e a presença de cítricos e picantes. Esta base se mantém nas três versões disponíveis na Degustação QCeviche!: pescado (cubos de peixe branco marinados em leche de tigre e servidos com batata-doce e milho verde); marino (peixe branco, polvo, camarão e lula, servido com batata-doce e milho-verde); e nikkei (peixe branco ou salmão marinados em leche de tigre e molho teriaki, servido com batata-doce, milho verde e nori frito).

Para completar, a casa oferece ainda a versão vegana (champignon, manga e abacate com leite de coco, R$ 29) e como sobremesa, a doceviche (frutas da estação marinadas em limão e laranja, cobertas por uma calda de ganache, R$ 13).

QCeviche – Restaurante de cozinha peruana. Em dois endereços: Faria Lima (rua Tavares Cabral, 61, Pinheiros, tel.: 11 3093-7200) e Barra Funda (rua Marquês de São Vicente, 1619, Barra Funda, tel.: 11 3576-5517), 12h/15h e 19h/22h30. Cartões: todos.

Read More

Viajar Pelo Mundo publica reportagem sobre a Quinta dos Pinhais

Posted By admin / Pousada, Sem categoria / férias, hospedagem, hotelaria, inverno, Mantiqueira, pousada, pousada na serra, Serra, serra da, turismo, viagem / Nenhum Comentário

A pousada Quinta dos Pinhais, na Serra da Mantiqueira, foi tema de reportagem na revista Viajar pelo Mundo de abril. A jornalista e especialista em viagens Cristiane Sinatura visitou o local e evidenciou o conforto dos chalés, cinco deles com piscina privativa, deque, lareira, hidromassagem e adega.
Tendo como cenário uma vista panorâmica para a Pedra do Baú e serra mineira, a área de lazer da pousada também recebeu elogios. “A piscina tem bordas infinitas voltadas para as montanhas, com hidromassagem climatizada, e o spa leva assinatura da marca L’Occitane, com ofurô, sala de ginástica e sauna seca”, descreveu Sinatura.

Leia a reportagem completa a seguir:

 

 

Read More

Chefs unem sabores brasileiros na Mantiqueira

Posted By admin / Alta Gastronomia / brasileira, charme, comida, culinria, hotel, pousada, pousada na serra, turismo, viagem / Nenhum Comentário

Oliveira Release ari kespers Foto release

_31A0728 ari00011

Rodrigo Oliveira (Mocotó, Esquina e Balaio) é o convidado especial do chef Ari Kespers para um jantar a quatro mãos na Provence Cottage & Bistrô, em Monte Verde (MG), no sábado, 17 de março. Juntos, assinam um menu em nove etapas baseado em um traço comum de suas cozinhas: a valorização dos ingredientes regionais e de seus produtores. Por tudo isso, o jantar foi batizado como Cozinha da Terra. “Há cada vez mais trabalhos notáveis, como o do Ari Kespers, sendo feitos fora dos grandes centros gastronômicos. Se destacam por ter uma linguagem particular, influenciada por contextos exuberantes, como é o caso do Provence e a Mantiqueira”, diz Oliveira.

Entre os pratos a serem servidos, apenas dois serão conhecidos:  Milho, milho, milho (cabelo de milho, ovo mollet, mate de taioba e minimilho), criação de Kespers e estrela desta temporada em seu restaurante, e Dadinhos de tapioca com molho de pimenta agridoce, clássico da cozinha de Oliveira. Todos os outros pratos do menu-degustação serão criados pelos dois chefs horas antes. “Será um jantar-surpresa”, anuncia Kespers, entusiasta da cozinha de Oliveira. “Admiro o trabalho de Rodrigo, e como ele sempre soube resgatar as próprias raízes em suas criações.”

Os chefs

Considerado um dos principais nomes da cozinha brasileira atual, Rodrigo Oliveira comanda, há 16 anos, o Mocotó, restaurante no qual reinventou a culinária nordestina, resgatando suas raízes familiares, do sertão pernambucano. Desde então, ganhou inúmeros prêmios nacionais e internacionais. Entre eles, ocupa hoje o 27º lugar na lista do 50th Best Latin America da inglesa The Restaurant Magazine. Também comanda o Esquina (1 estrela no guia Michelin Rio e São Paulo 2017) e duas unidades do Mocotó Café, todos em São Paulo. Recentemente, inaugurou seu novo restaurante, Balaio, dentro do Instituto Moreira Salles, na Avenida Paulista, coração da cidade.

Nascido em Jundiaí (SP), o chef Ari Kespers é autodidata. Antes do bistrô Provence, na serra mineira, aberto em 2010, foi proprietário do restaurante Sal da Terra (em Jundiaí). O encontro com Minas trouxe um novo norte para sua cozinha, baseada em produtos sazonais. O bistrô Provence foi eleito um dos 50 melhores restaurantes do país pelo Guia Quatro Rodas 2015. No mesmo ano, representou Minas no evento Cozinhando com Palavras, no Salão do Livro de Paris, onde participou do lançamento do livro Le Brésil de Minas Gerais. Em 2016, também participou da Feira de Livro de Frankfurt, na Alemanha. Em Monte Verde, além do bistrô, comanda a pousada Provence Cottage, ao lado de seu sócio, Whitman Colerato.

Cozinha da terra – Jantar com os chefs Rodrigo Oliveira e Ari Kespers. No dia 17 de março, sábado, a partir das 20h30. Local: Provence Cottage & Bistrô, Rua Cedrus Libani, 380, Monte Verde, Camanducaia, MG. Tel.: 55 (35) 3438-1467. Aberto ao público mediante reserva. Valor do menu-degustação por pessoa: R$ 287,00 ou R$ 440 (harmonizado).

Imagens: Rodrigo Oliveira (Foto: Carol Gherardi); Ari Kespers (Foto: Pallata); Dadinhos de tapioca com molho de pimenta agridoce (Foto: Ricardo D’Ângelo); Milho, milho, milho – cabelo de milho, ovo mollet, mate de taioba e minimilho (Foto: Marco Vaz).

Read More

Provence Cottage & Bistrô entre as melhores pousadas de inverno perto de SP

Posted By admin / Hotel / assessoria de imprensa, frio, hotel, inverno, pousada, turismo, viagem / Nenhum Comentário

Com a chegada do outono, confira as dicas do blogueiro Fernando Leite para você celebrar o frio de um jeito aconchegante numa seleção especial de pousadas perto de São Paulo, entre elas a Provence Cottage Bistrô, em Monte Verde

Read More

Jornal britânico lista os melhores hotéis do Brasil

Posted By admin / Hotel, Turismo Brasil / bom e barato, melhores, pousada, trancoso, turismo, viagem / Nenhum Comentário

Levantamento do The Telegraph classificou a Mata N’ativa Pousada, em Trancoso, com nota 9 e destacou seu “serviço impecável”

 

A Mata N’ativa Pousada, em Trancoso, está entre as melhores hospedagens do Brasil, segundo levantamento do suplemento Travel, do jornal britânico The Telegraph. A avaliação, feita por jornalistas especializados, leva em consideração seis pontos: localização, estilo, serviços e facilidades, comida e bebidas, quartos e custo-benefício. A Mata N’Ativa recebeu nota final 9, em um ranking que vai até 10 – número que nenhuma hospedagem brasileira alcançou. O texto destaca seu “serviço impecável”. Também surgem com nota 9: Fasano São Paulo, Pousada Capim Santo (Trancoso/BA), Toca da Coruja (Pipa/RN), Caesar Park Rio de Janeiro, Hotel Fasano Rio de Janeiro, Hotel Santa Teresa (RJ).

 

Os especialistas do The Telegraph selecionaram 48 hotéis do país para montar o ranking de melhores. O levantamento inclui hotéis-boutique (caso do Mata N’Ativa), de luxo, econômicos e de negócios. Todas as hospedagens foram testadas e são aprovadas pela equipe. O texto que define a pousada diz: “com apenas um punhado de chalés, situados em um jardim cheio de pássaros e ao lado de um riacho tilintante, esta pousada-boutique é a mais íntima de Trancoso – isolada pela natureza e, ainda assim, perto de bares, restaurantes e da praia”.

Destacam-se ainda outros pontos: café da manhã com pães, geleias e sucos produzidos na pousada; suítes dedicadas a famílias, com cardápio especial para crianças, e o jardim repleto de flores e plantas que atraem pequenos animais silvestres, pássaros e borboletas.

Confira a lista completa na página da publicação

 

Mata N’ativa Pousada

Estrada Trancoso-Arraial, S/N, 100 m após a ponte do Rio Trancoso; Trancoso, Bahia. Telefone: (73) 3668-1830, www.matanativapousada.com.br

 

 

 

 

Read More

Vídeo para a Pousada Provence Cottage & Bistrô, em Minas Gerais

Posted By admin / Hotel / Minas Gerais, Monte Verde, pousada, turismo, Vdeo, video institucional / Nenhum Comentário

Tem novidade no ar: vídeo sobre a Provence Cottage & Bistrô, comandada com carinho pela dupla Ari Kespers e Whitman Colerato, lá nas montanhas mineiras. Produção: Bress Comunicação em parceria com o estúdio Proshot.

Read More

Santos Dumont: o recordista olímpico das invenções

Posted By admin / Turismo Brasil / aviação, brasil, criação, cultura, história, invenção, olimpiada, rio 2016, Santos Dumont, turismo / Nenhum Comentário

Alberto_Santos-Dumont  Santos-Dumont flying

O voo cenográfico do 14 Bis (confira aqui) sobre o Maracanã, na última sexta-feira, na abertura da Olimpíada Rio 2016 decolou novamente a polêmica sobre quem inventou o avião: Santos Dumont ou os irmãos Wilbur e Orville Wright, dos Estados Unidos. Em que pese qualquer tentativa de aterrissar a importância do brasileiro, uma coisa é certa: se não inventou o avião, ele descobriu a forma de fazê-lo decolar, permanecer no ar e pousar sozinho. Mais: criou diversas inovações que estão diretamente ligadas à vida de quem viaja e explora o mundo.

Foi o primeiro a criar a navegação aérea, o primeiro a voar com motor movido a explosão; o primeiro a ter um voo homologado; o inventor do motor de cilindros opostos; o primeiro a fabricar um avião em série; o inventor do relógio de pulso; o precursor da patente livre; o primeiro a trazer ao Brasil um automóvel movido a petróleo. Para conhecer mais sobre Santos Dumont e suas criações, a Bress Comunicação indica três exposições pelo Brasil que ajudam a entender o porquê Dumont não podia estar de fora da abertura de uma Olimpíada no Brasil e de suas viagens pelo nosso país.

Museu do Amanhã (Rio de Janeiro-RJ) No ano em que o voo do 14 Bis completa 110 anos, o mais novo centro cultural da capital fluminense traz a mostra O Poeta Voador, Santos Dumont. Com linguagem audiovisual e atividades interativas, o ambiente inclui protótipos das principais criações do inventor e duas réplicas em tamanho real: logo na entrada do Museu, o pioneiro 14 Bis; e, no local da exposição, o avião Demoiselle, mais completo projeto do brasileiro. Término em 30 de outubro. Praça Mauá, 1 (Centro).

Casa de Santos Dumont (Petrópolis-RJ) Foi projetada pelo inventor e servia como sua residência ao longo do verão. Expõe uma pequena biblioteca e objetos pessoas, como o inseparável chapéu Panamá. Aproveite a ida a este centro cultural para passear pelo centro histórico de Petrópolis, logo ali. R. do Encanto, 22 (Centro).

Museu Cabangu (Santos Dumont-MG) O local onde nasceu o “Rei dos Ares”, uma casa de estilo colonial, reúne hoje painéis, fotos, documentos e peças de alguns dos seus inventos. Há ainda uma réplica do 14 Bis. Região muito bonita e arborizada. Rodovia 499, km 16, Distrito de Mantiqueira.

 

Read More

Conheça como uma assessoria de imprensa pode alavancar negócios para seu hotel

Posted By admin / Comunicao / gastronomia, hotel, hotelaria, pousada, restaurante, turismo / Nenhum Comentário

tokyo-restaurant-sense-tea-corner-03

Alguns hotéis, destinos e restaurantes ainda ignoram a importância de um trabalho de assessoria de imprensa. Seus esforços de distribuição ficam restritos a vendas e ao marketing. Outro erro confundir assessoria com publicidade. A boa notícia que há cada vez menos hospedagens pensando assim, e os viajantes agradecem!

Isso porque, quando bem feito, o trabalho de assessoria leva informação relevante adiante, mostrando de forma muito mais barata e com grande visibilidade os valores e o que de melhor há no serviço e estrutura de uma pousada, hotel, restaurante ou localidade turística. Estamos falando de saber contar boas histórias e mostrar a quem interessa. Quantas vezes você tomou uma decisão ao ver uma recomendação em uma reportagem?

Com a evolução do turismo no Brasil e no mundo, cada vez mais os empreendedores da área estão investindo em canais próprios de divulgação. E uma assessoria pode ser muito útil neste processo, organizando estratégias, produzindo bom conteúdo e fazendo uma gestão de imagem afinada, seja no site ou nas mídias sociais.

Trabalhar com uma assessoria cuja equipe possui boa experiência ligada ao tema turismo ajuda muito na identificação dos assuntos a serem divulgados e como divulgá-los. Trabalhar com as novas mídias também. Por fim, a experiência de viagem da equipe torna-se fundamental para identificar os pontos sensíveis e as oportunidades de um cliente.

Para uma boa divulgação importante enfatizar os seus pontos fortes, conhecer bem a audiência, trabalhar em resultados realistas e – por que não? – pensar grande! Afinal, o que importa no o tamanho da cidade ou do empreendimento, mas sim a relevância das suas notícias e histórias.

 

 

Read More

Um stio arqueolgico em Minas

Posted By admin / Turismo Brasil / arqueologia, aventura, cachoeira, cocais, culinria, Minas Gerais, turismo, viagem / Nenhum Comentário

Inscries rupestres da Pedra Pintada

Inscries rupestres da Pedra Pintada (fotos: Eduardo Merli)

Distante 85 km de Belo Horizonte (MG), est o esquecido distrito de Cocais, em Baro de Cocais. A vila foi fundada em 1703 por dois irmos portugueses – Antnio e Joo Furtado Leite -, que chegaram ali atrados pelo ouro das Gerais. Hoje, ela mantm um pequeno casario no centro histrico, em torno da igreja de Sant’Ana, erguida no sculo XVIII e reformada em 1830. No interior dela, est sepultado Feliciano Pinto Coelho, o Baro de Cocais, que d nome cidade.

Igreja Matriz do Rosrio (foto: Eduardo Merli)

Igreja Matriz do Rosrio

Do outro lado da rua, no restaurante Villa dos Cocais, possvel pedir o mexido do Baro (paio, cheiro verde, farofa e ovos) ou outras iguarias da cozinha mineira. A maior surpresa de Cocais, porm, est pouco mais de 3 km do distrito. Saindo do Largo do Rosrio (onde est a igreja matriz), basta seguir as placas pela estrada de terra para se chegar at o stio arqueolgico da Pedra Pintada. O local est dentro de uma propriedade privada e preciso pagar uma pequena taxa. A trilha at a pedra tranquila e vale a pena: a Pedra Pintada rene 122 pinturas rupestres datadas entre 6 e 8 mil anos. So desenhos de animais, cenas de caadas e lanas produzidos com tintas minerais. Alm da vista incrvel, h cachoeiras no entorno.

Cachoeira de Cocais, uma das quedas d'gua prximas ao stio arqueolgico

Cachoeira de Cocais, uma das quedas d’gua prximas ao stio arqueolgico

Contedo: Bress Comunicao.

Read More